• facebooktintas2000
  • linkedintintas2000
  • youtubetintas2000
  • youtubetintas2000

Segurança contra Incêndios e Produtos Ignífugos na área do Mobiliário

Leave a Comment
No seguimento do artigo anterior onde foram apresentadas as Tintas Intumescentes 2000, apresenta-se, no presente artigo, um outro grupo de produtos destinados igualmente a proteger as estruturas face ao desenvolvimento de um foco de incêndio, produtos Ignífugos.

A Portaria 1532/2008 (Regulamento Técnico de Segurança Contra Incêndios em Edifícios), tem por finalidade a regulamentação técnica das condições de segurança contra incêndio em edifícios e recintos, estabelecendo, no seu Título III que os elementos estruturais de um edifício devem garantir um determinado grau de estabilidade ao fogo.

Um dos materiais utilizados com maior frequência na construção civil é a madeira. Este material apresenta um conjunto de vantagens as quais resultaram no aparecimento de novos derivados de madeira como é o caso de contraplacados, lamelados colados ou aglomerados. Estas características fazem com que seja um produto bastante utilizado em diversas estruturas dos edifícios, tais como: revestimentos exteriores e interiores, pavimentos, caixilharias, portas, coberturas, escadas, bem como em elementos de mobiliário e decoração.

Atualmente verifica-se a existência de um vasto conjunto de produtos para protecção da madeira, dentro dos quais se englobam as tintas e os vernizes. Através da pintura, é possível proteger a madeira aumentando a sua durabilidade, com contributos ao nível da limpeza e sanidade da madeira, da decoração, da iluminação e da segurança.

No que respeita à segurança, mais especificamente no âmbito da Segurança contra Incêndios, existem produtos de protecção ao fogo que se podem aplicar, destinados a atrasar a ignição ou a reduzir ou atrasar o gradiente de desenvolvimento da combustão, entre os quais aqueles que são aplicados após instalação dos produtos em madeira – tintas e vernizes dos diversos tipos incluindo as ignífugas e as intumescentes.
Os produtos ignífugos, na sua essência destinam-se a evitar a formação de chamas.

Como?
Por acção de produtos ignífugos, os gases voláteis resultantes do aquecimento da madeira transformam-se em gases não inflamáveis tais como vapor de água e CO2 que evitam que seja atingida a temperatura de ignição da madeira; ocorre ainda a libertação de radicais livres que inibem a combustão e baixam instantaneamente a temperatura no local, interrompendo dessa forma o desenvolvimento da combustão e logo baixando instantaneamente a produção de calor.
De salientar que os produtos ignífugos não são retardantes de fogo, mas produtos que não aumentam a carga térmica porque não ardem, mas mesmo assim não evitam que a madeira arda.

O Grupo 2000 comercializa dois produtos ignífugos poliuretano de 2 componentes, que, em conjunto formam um sistema de ignifugação certificado.

- Para ser usado como Tapa poros disponibiliza o FUNDO DE POLIURETANO IGNÍFUGO, em conjunto com o ENDURECEDOR PU IGNÍFUGO. O Fundo de PU Ignífugo é classificado como EuroClasse C-s2,d0 nos testes de reacção ao fogo segundo a norma UNE–EN 13501-1:07+A1:2010 (Certificado No.1303046-01 CL, 1303046-02 CL, 1303046-03 CL e 1303046-04 CL). É destinado à indústria de mobiliário e outras indústrias de madeiras, e as suas utilizações recomendadas são: mobiliário de interior, portas, rodapés e maciços. Este produto apresenta as seguintes características: bom isolamento do poro da madeira devido à elevada proporção de teor de sólidos, boa repintura e fácil lixagem.
É fornecido em Embalagens de 5 e 25 litros.

- Como produto de acabamento é comercializado o VERNIZ DE POLIURETANO IGNÍFUGO em conjunto com o Endurecedor PU Ignífugo. Este Verniz está classificado como EuroClasse C-s2, d0 nos testes de reacção ao fogo segundo a norma UNE–EN 13501-1:07+A1:2010 (Certificado No.1303046-01 CL, 1303046-02 CL, 1303046-03 CL e 1303046-04 CL). É um produto destinado à indústria de mobiliário e outras indústrias de madeiras, cuja utilização recomendada engloba mobiliário de interior, portas, rodapés e maciços.
O Verniz apresenta boas características de repintura, boa dureza e suavidade ao tacto. Não é resistente à exposição prolongada aos raios ultra violeta.
O esquema de aplicação recomendado minimiza problemas típicos dos vernizes ignífugos convencionais: problemas de esbranquiçamento da película. É fundamental proceder segundo as indicações dadas na Ficha Técnica do produto, de forma a assegurar a obtenção da classificação EuroClasse C-s2 de reacção ao fogo.

O sistema de ignifugação aprovado consiste na utilização em conjunto dos produtos: Fundo PU Ignífugo e Verniz PU Ignífugo Meio Brilho.

Estes produtos são de aplicação à pistola convencional ou pistola air mix, sendo que a sua aplicação deve ser efectuada em instalações industriais, com equipamentos próprios que viabilizam a sua aplicação.

Nota: As informações referidas no presente artigo não dispensam a leitura atenta das Fichas Técnicas e Ficha de Dados de Segurança dos produtos, disponibilizadas pelo Grupo 2000.

Patrícia Rodrigues

Print Friendly and PDF Pintar a casa

0 comentários:

Enviar um comentário