• facebooktintas2000
  • linkedintintas2000
  • youtubetintas2000
  • youtubetintas2000

“Estádio” de graça… nem por isso!

Leave a Comment

A crónica de hoje relata um dos principais pontos de divergência social deste mundial: os estádios! Motivo de manifestações pouco pacíficas nas grandes metrópoles, as arenas representaram um custo absolutamente
astronómico para o estado brasileiro. Nada mais, nada menos que 9 mil milhões de reais (cerca de 3 mil milhõe de euros), com uma derrapagem de quase 50% face ao orçamento inicial. O valor total foi superior aos gastos somados da Alemanha em 2006 e da África do Sul em 2010. No Brasil foram construídos 10 dos 20 estádios mais caros do mundo. Não bastava serem dos mais caros, a sua construção foi marcada por inúmeros atrasos e até acidentes mortais de operários. No dia da inauguração, a construção ainda não tinha terminado em alguns recintos. Face ao descalabro, o povo, nas ruas, exigia melhores condições sociais, nomeadamente nos domínios da educação, saúde e transportes. A presidenta Dilma até veio à televisão, e em jeito de golpe publicitário, tentou acalmar os ânimos ao dizer que os brasileiros não estavam a ver devidamente as contas. Afinal, nas necessidades básicas, o governo federal investiu 200 vezes mais, em igual período de construção das infra-estruturas da copa.
Ora bem, acho que a minha calculadora já não tem dígitos suficientes para tais valores pelo que me resta dizer…
E o burro sou eu?

José Marques
Pintar a casa
Print Friendly and PDF

0 comentários:

Enviar um comentário