• facebooktintas2000
  • linkedintintas2000
  • youtubetintas2000
  • youtubetintas2000

Quartos arrumados, meias por dobrar!

Leave a Comment

Argentina 1:0 Bélgica 
A Argentina está a evoluir como equipa embora o seu tipo de jogo ainda seja aquém das expectativas. Mas
quando uma equipa entende que para ganhar é preciso primeiro não perder, então está mais de meio caminho para o sucesso. E foi o que aconteceu. As oportunidades não abundaram mas num rasgo de
rapidez e técnica Higuaín decidiu a partida. A Bélgica forçou mas não conseguiu. A inspiração também não foi a mesma das outras partidas. Courtois ainda teve que se aplicar no frente a frente com Messi, caso contrário a derrota teria sido mais expressiva. A albiceleste está nas meias finais e cada vez mais próxima de repetir o feito de 1986. Desta vez, passou os quartos sem a mão de Deus!

Holanda (4:3) Costa Rica 
Chegou ao fim o sonho da Costa Rica. Provavelmente, a melhor defesa do campeonato, na minha opinião. Irrepreensíveis no fora de jogo, rápidos e agressivos no ataque ao homem da bola, com Navas e as suas defesas vistosas e o poste à mistura. A laranja lutou 120 minutos e criou oportunidades mas a barreira centro-americana foi intransponível. Robben parece um jovem e correu da mesma forma do início ao fim. Simplesmente fantástico! A Holanda merecia vencer pelo que fez nos 90 e nos 120 mas foi a lotaria a decidir. E mesmo aqui, a Holanda mostrou que tem um treinador a sério. Quando trocar avançados não resolve, troca-se o guardaredes!
Krull acrescentou mais uns centímetros e defendeu dois penáltis. Será que o Van Gaal pode vir a Portugal dar um Workshop “Como ser um treinador a sério!”.
Já sobram só quatro, duas sul-americanas e duas europeias. Provavelmente as melhores dos seus continentes! As surpresas aparecem durante o mundial mas nas meias-finais temos quatro potenciais campeões. Os prognósticos daqui para a frente serão impossíveis de fazer e só a inspiração momentânea das equipas irá decidir que sobe ao pódio!

Pintar a casa
Print Friendly and PDF

0 comentários:

Enviar um comentário